Emedix - Portal de saúde com informações sobre doenças, prevenção, tratamento, saúde no dia a dia, nutrição e qualidade de vida.
Imagens
Diretório de Saúde Dicionário Médico Medicamentos Genéricos Comunidades Virtuais
Saúde no dia-a-dia
linha
  Alimentação Saudável
linha
  Atividade Física
linha
  Saúde da Família
linha
  Vitaminas/Sais Minerais
linha
  Fitoterápicos
linha
Doenças e Prevenção
linha
  Artigos médicos
linha
  Perguntas & Respostas
linha
  Ponto de Vista
linha
Descobertas Científicas
linha
  Notícias da Semana
linha
  Arquivo de Notícias
linha
  Notícias Setor Saúde
linha
  Agenda de Eventos
linha
Variedades
linha
  Cartão virtual
linha
  Teste seu conhecimento
linha
  Pesquisas Online
linha
  Serviços ao Leitor
linha
sobre nós
linha
  Equipe
linha
  Colaboradores
linha
  Campanhas de saúde
linha
  Anuncie Conosco
linha
  Termo de Compromisso
linha
Desenvolvimento: Tecnoweb

Doenças e Prevenção

Meningite no Recém-Nascido

Dra. Vera Lúcia Jornada Krebs

IntroduçãoDescriçãoDiagnósticoTratamentoBibliografia

Descrição

Quais são as causas da doença?
Quais são os sintomas da doença?
Quais são as seqüelas da doença?
Quando surgem as seqüelas?
Qual a incidência da doença?

Quais são as causas da doença?

Quando a doença ocorre nos primeiros dias de vida, geralmente está relacionada à contaminação do recém-nascido com bactérias através do canal do parto. As mães desses recém-nascidos freqüentemente apresentam complicações no momento do parto, como febre, líquido amniótico com mau cheiro, infecão da placenta, ou infecção urinária.

Quando a meningite se manifesta mais tarde, após o sétimo dia de vida, a infecção freqüentemente é adquirida através do contato com pessoas contaminadas ou material infectado. A bactéria chega até a circulação sanguínea, e atinge o Sistema Nervoso Central, causando a meningite.

Devido à imaturidade do sistema imunológico, o recém-nascido apresenta maior susceptibilidade à infecção, pois seus mecanismos de defesa contra a invasão bacteriana são menos desenvolvidos em relação às crianças maiores.

As principais bactérias que causam meningite no primeiro mês de vida são: Streptococcus B, as bactérias que habitam o intestino, como Escherichia coli, Klebsiella sp, Enterobacter sp, Proteus sp e a Listeria monocytogenes.

[sobe]

Quais são os sintomas da doença?

Podem ocorrer recusa alimentar, letargia, irritabilidade, febre e crises de apnéia. Os achados neurológicos, como convulsões e fontanela abaulada, nem sempre estão presentes, ou podem aparecer somente numa fase mais tardia da doença.

Em cada 100 crianças com meningite neonatal, os sinais e sintomas neurológicos mais freqüentes estão apresentados na tabela abaixo:

Sinais e sintomas

%

Estupor, irritabilidade

76-100

Coma

51-75

Convulsões

51-75

Abaulamento de fontanela (moleira)

26-50

Rigidez, hipertonia dos músculos das costas, com arqueamento do corpo

26-50

Sinais neurológicos específicos de lesão do Sistema Nervoso Central

26-50

Sinais de lesão nos nervos denominados cranianos

26-50

Rigidez de nuca

0-25

[sobe]

Quais são as seqüelas da doença?

Embora a mortalidade das crianças com meningite bacteriana neonatal tenha diminuído nos últimos anos, a freqüência de seqüelas é alta, mantendo-se entre 15 e 68%.

Nos países em desenvolvimento a doença é freqüente, muitas vezes complicada com infecção das cavidades do cérebro que contêm líquido, denominadas ventrículos cerebrais (ventriculite), levando à obstrução do sistema de drenagem do líquido cefalorraqueano (hidrocefalia), com piora do prognóstico.

As principais seqüelas são: atraso do desenvolvimento neuropsicomotor, hidrocefalia, convulsões, alterações visuais, como estrabismo, diminuição da acuidade visual, podendo levar à cegueira, deficiência auditiva, alterações motoras sob a forma de tetraplegia, hemiparesia, diplegia, ataxia, e rebaixamento intelectual.

[sobe]

Quando surgem as seqüelas?

A meningite bacteriana é uma das principais causas de surdez adquirida após o nascimento. A perda auditiva provavelmente ocorre no início da doença, durante a fase de bacteremia, antes que se evidenciem os sinais e sintomas clínicos. Um fator relacionado ao mau prognóstico é a presença de crises convulsivas. Somente cerca de 50% das crianças que apresentam convulsões durante a doença evoluem com desenvolvimento neuropsicomotor normal. A presença de complicações da infecção, como ventriculite ou coleção de pus dentro do cérebro (abscesso) pode resultar no aparecimento de lesões mais graves. As alterações neurológicas podem ser observadas já no momento da alta hospitalar, no caso dos pacientes com hidrocefalia, ou mais tarde, no início da idade escolar, quando podem aparecer deficiências no desempenho intelectual.

[sobe]

Qual a incidência da doença?

Nos países desenvolvidos, a incidência de meningite nos recém-nascidos é cerca de 0,3 casos/1000 nascidos vivos. Nos países em desenvolvimento pode chegar a 1caso/1000 nascidos vivos.

[Introdução] [Descrição] [Diagnóstico] [Tratamento] [Bibliografia]


Enviar a um amigo



[voltar] [topo]

Atenção: As informações contidas neste site têm caráter informativo e não devem ser utilizadas para realizar auto-diagnóstico, auto-tratamento ou auto-medicação. Em caso de dúvidas, consulte o seu médico.

Proibida a reprodução, distribuição ou publicação, parcial ou total, do conteúdo deste site estando o infrator sujeito às sanções legais cabíveis.


Outros artigos
bullet Alzheimer
bullet Aneurismas arteriais periféricos
bullet Aneurisma da Aorta
bullet Anorexia Nervosa
bullet Ansiedade
bullet Artrite Crônica Juvenil
bullet Artrite Reumatóide Juvenil
bullet Aterosclerose
bullet Autismo
bullet Bulimia Nervosa
bullet Catapora
bullet Colesterol Alto
bullet Depressão Infantil
bullet Distúrbios de Ansiedade
bullet Doenças da Coluna
bullet Doença de Parkinson
bullet Doença de Chagas Congenita
bullet Doenças Varicosas
bullet Embolia Arterial Aguda
bullet Epilepsia
bullet Esclerodermia
bullet Esclerose Sistêmica
bullet Espondilite Anquilosante
bullet Fadiga
bullet Fadiga Crônica
bullet Febre Amarela
bullet Febre Reumática
bullet Hepatite A - Vacina
bullet Hiperidrose
bullet Hipertensão Arterial
bullet HTLV-I
bullet Influenza A (H1N1)
bullet Meningite Neonatal
bullet Obesidade
bullet Pé Diabético
bullet Pressão Alta
bullet SAF
bullet Sedentarismo
bullet Síndrome do Anticorpo Antifosfolipídeo
bullet Síndrome de Hughes
bullet Síndrome de Reiter
bullet Telangiectasias
bullet Transpiração Excessiva
bullet Tromboembolismo Venoso
bullet Trombose Venosa Profunda
bullet Úlceras de Perna
bullet Vacinações
bullet Varicela
bullet Varizes
bullet Vasinhos
bullet Veias Varicosas
Home Saúde no dia-a-dia: Doenças e Prevenção: Pesquisas Científicas: Variedades: Sobre nós:
Contato Alimentação Saudável Artigos Médicos Notícias da Semana Cartão virtual Anuncie Conosco
Newsletter Atividade Física Perguntas e Respostas Arquivo de Notícias Pesquisas Online Equipe
Diretório de Saúde Saúde da Família Ponto de Vista Notícias - Setor de Saúde Testes e Curiosidades Colaboradores
Medicamentos Genéricos Vitaminas e Sais Minerais Comunidades Virtuais Agenda Serviços ao Leitor Termo de Compromisso
Dicionário Médico Fitoterápicos
Mapa do site
Desenvolvimento:Tecnoweb - Tel: (0xx21)2523-9108
Todos os direitos Reservados. 2000 - 2014 ®
Pesquisar
Inicio Newsletter Contato
Ecard Recomendar Twitter