Emedix - Portal de saúde com informações sobre doenças, prevenção, tratamento, saúde no dia a dia, nutrição e qualidade de vida.
Imagens
Diretório de Saúde Dicionário Médico Medicamentos Genéricos Comunidades Virtuais
Saúde no dia-a-dia
linha
  Alimentação Saudável
linha
  Atividade Física
linha
  Saúde da Família
linha
  Vitaminas/Sais Minerais
linha
  Fitoterápicos
linha
Doenças e Prevenção
linha
  Artigos médicos
linha
  Perguntas & Respostas
linha
  Ponto de Vista
linha
Descobertas Científicas
linha
  Notícias da Semana
linha
  Arquivo de Notícias
linha
  Notícias Setor Saúde
linha
  Agenda de Eventos
linha
Variedades
linha
  Cartão virtual
linha
  Teste seu conhecimento
linha
  Pesquisas Online
linha
  Serviços ao Leitor
linha
sobre nós
linha
  Equipe
linha
  Colaboradores
linha
  Campanhas de saúde
linha
  Anuncie Conosco
linha
  Termo de Compromisso
linha
Desenvolvimento: Tecnoweb

Notícias Janeiro de  2000

Revelados princípios de funcionamento dos neurônios inibitórios
Fonte: Weizmann Institute, 13/01/2000

Apesar de mais de um século de pesquisas sobre neurônios inibitórios, muito pouco é conhecido sobre a forma pela qual esta pequena população (10 a 20% dos neurônios do cérebro) exerce seu efeito de controle no cérebro. Cruciais para o desenvolvimento cerebral normal, aprendizagem e memória, não é de se espantar que os neurônios inibitórios estejam envolvidos na maioria dos distúrbios neurológicos. Um estudo recente do Weizmann Institute of Science, publicado na edição de janeiro da revista Science, revela princípios-chave desses neurônios, delineando o esquema e função do sistema inibitório.

Através da repressão do nível de atividade de neurônios vizinhos, os neurônios inibitórios (neurônios-I) previnem a perda de controle do cérebro em estados hiper-excitados do cérebro ou epilepsia. Um dos problemas de crianças com autismo e desordens de hiperatividade de défit de atenção (em inglês, ADHD) é o mal-funcionamento de neurônios-I: seus sistemas inibitórios não suprimem efetivamente informações indesejadas, impedindo a habilidade de fazer escolhas.

Disfunções dos neurônios-I estão relacionadas a desordens de memória (como no Mal de Alzheimer), trauma neural e vícios. Também têm seu papel em uma ampla gama de desordens psiquiátricas, como depressão, transtornos obscessivos compulsivos e esquizofrenia.

No passado, os pesquisadores achavam que os neurônios-I apenas " espalhavam" em suas vizinhanças um inibidor de neurotransmissor denominado GABA mas não explicavam como eles inibiam o neurônio correto no tempo certo e na medida certa. O novo estudo, desenvolvido no laboratório do Prof. Henry Markram do Weizmann Institute´s Neurology Department, mostra como esses neurônios-I conseguem isso.

Os pesquisadores encontram novos tipos de neurônios-I, mostrando que essa pequena população é muito mais diversa do que imaginado inicialmente. Além disso, usando novos métodos desenvolvidos, eles conseguiram registrar diretamente como neurônios inibitórios individuais controlam a sua vizinhança: esses neurônios desenvolvem sinapses complexas (conexões) com o neurônio alvo. Essas sinapses filtram seletivamente mensagens inibitórias e permitem aos neurônios-I desativar seletivamente a atividade em sua vizinhança.

Os neurônios-I podem traçar árvores de famílias de neurônios, auxiliando nas descobertas de como os neurônios estão relacionados uns aos outros. Isto poderia auxiliar no mapeamento do aspecto funcional do cérebro, de acordo com a genealogia dos neurônios, um princípio de jamais imaginado como sendo possível, de acordo com Markran.


Enviar a um amigo

[voltar] [topo]

Atenção: As informações contidas neste site têm caráter informativo e não devem ser utilizadas para realizar auto-diagnóstico, auto-tratamento ou auto-medicação. Em caso de dúvidas, consulte o seu médico.

Proibida a reprodução, distribuição ou publicação, parcial ou total, do conteúdo deste site estando o infrator sujeito às sanções legais cabíveis.


notícias 2000
Jan Fev Mar
Abr Mai Jun
Jul Ago Set
Out Nov Dez

Mais notícias:
1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014

+ notícias
marcador Novos antibióticos devem ser usados com sabedoria
marcador Fumo ligado a intelecto debilitado em idosos
marcador Soja protege o coração sem elevar taxa hormônios
marcador Combatendo doenças cardíacas em minutos
marcador Vitamina D é medicamento promissor contra o câncer
marcador O mel pode ser a cura
marcador Caroteno e vitamina E protegem contra dano do sol para pele
marcador Dieta e exercício têm importante papel na prevenção do câncer
marcador Risco de câncer de mama está ligado à terapia de reposição hormonal
marcador Vitamina E pode ajudar a reduzir declínio cognitivo em idosos
marcador A aspirina pode trazer mais problemas do que benefícios na prevenção de doenças coronárias
marcador Mulheres ainda não têm o costume de tomar vitaminas para prevenir defeitos congênitos em seus bebês
marcador Vitaminas C e E podem proteger contra o declínio mental e algumas demências
marcador Descoberto método inovador de terapia genética para doenças do coração
Home Saúde no dia-a-dia: Doenças e Prevenção: Pesquisas Científicas: Variedades: Sobre nós:
Contato Alimentação Saudável Artigos Médicos Notícias da Semana Cartão virtual Anuncie Conosco
Newsletter Atividade Física Perguntas e Respostas Arquivo de Notícias Pesquisas Online Equipe
Diretório de Saúde Saúde da Família Ponto de Vista Notícias - Setor de Saúde Testes e Curiosidades Colaboradores
Medicamentos Genéricos Vitaminas e Sais Minerais Comunidades Virtuais Agenda Serviços ao Leitor Termo de Compromisso
Dicionário Médico Fitoterápicos
Mapa do site
Desenvolvimento:Tecnoweb - Tel: (0xx21)2523-9108
Todos os direitos Reservados. 2000 - 2014 ®
Pesquisar
Inicio Newsletter Contato
Ecard Recomendar Twitter